SÉRIE: NO MEIO DO CAMINHO TINHA UMA PEDRA...

Abertura:

Um dos poemas mais conhecidos de Carlos Drummond de Andrade é: “No meio do caminho” e diz:

No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.

Não poucas vezes na vida a sensação que temos é que no meio do nosso caminho tem uma pedra. Esta realidade é também comum aos personagens bíblicos que tão semelhantes a nós, vivenciaram fatos e situações com pedras no seu caminhar.

Se no seu caminho tem uma pedra, faça dela uma lutar, ou um instrumento para lutar, ou mesmo um travesseiro para deitar, ou a marca de um novo caminhar. Não atire pedras, recolha pedras e plante flores como dizia Cora Coralina.

Nesta série, vamos aprender a transformar as pedras que encontramos no meio do caminho em aliados de nossa missão! Se no seu caminho você já encontrou uma pedra... sigamos juntos nessa proposição!


Carlos Jr